Projeto Xanadu

“O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA – PRÁTICA UNIVERSAL DO AMOR DIVINO”

O Projeto Xanadú foi idealizado, depois de 20 anos de estrada pelo autor, que prestando serviços na sua área técnica de engenharia de manutenção industrial, estimadamente 20 federações – Estados Brasileiros, presenciando e convivendo com a natureza, várias culturas do cenário brasileiro, e , derradeiramente, com uma viagem à África, cidade de Lobito, Angola, Estaleiro SONAMET, elaborando um projeto de treinamento para capacitação de técnicos e engenheiros, para fabricação de equipamentos de off Shore e naval, fabricação de plataformas marítimas, jaquetas e sinalizadores marítimos.

O acúmulo de experiência ao longo de 42 anos de profissão e 56 anos de vida, obriga-me, pela sensibilidade adquirida pelo desenvolvimento da consciência cósmica pessoal, a propor a criação de um PROJETO SÓCIO ECONOMICO diferenciado, de autossustentabilidade, objetivando minimizar o sofrimento Humano. A ótica de um projeto sócio econômico dessa natureza, deverá envolver a cultura multidisciplinar globalizada, a saber: A educação de base, a cultura de ordem geral, que na verdade, tem tantos ítens que se interagem, de difícil definição para saber, o que e melhor para cada caso, devido a complexidade do próprio tema.

Resumindo cada complexo deverá criar o seu modelo sócio econômico, adiantando-se, que será possível gerar mais de 1000 modelos com capacidades e níveis característicos para cada situação. Entretanto, há uma coisa em comum, independente do modelo econômico a ser implantado, o homem precisará reaprender a conviver nesse grande complexo do mundo globalizado. Nascerá o homem do Terceiro Milênio, Cidadão Universal, disciplinado, culto, respeitador universal, que irá além de um simples lar, o seu bom senso apurado, enxergará simultaneamente os mundos: Mineral, Vegetal, Animal e com o avanço da ciência e visão do quarto, quinto e sexto estados da matéria, sua sensibilidade ficará mais espiritualizada, sentirá mais a presença divina no seu dia a dia e será um homem mais feliz pela profundeza e percepção do seu novo padrão de “Consciência Cósmica”.

A sustentabilidade do PROJETO XANADÚ – Nessa nova ótica de mudança cultural, os projetos terão estabilidades superiores à 100 anos. O povo do planeta terra será um povo muito mais feliz, mais compreensivo, o amor mais intenso, mais solidariedade, será o caminho da paz tão almejada. A terra terá um novo conceito de propriedade, todos zelarão de forma consciente cada fragmento dessa complexidade atômica, construída pelo Grande Arquiteto do Universo, Mestre do AMOR DIVINO, PAI E MÃE dessa natureza criadora.
Como Funcionará o Complexo Xanadú. “Abolição do conceito da Maldade”

A nova Ordem será interagir toda comunidade, micros cidades, todos serão responsáveis, novos padrões sociais serão adotados, habitação para todos os cidadãos, novos conceitos de direitos de propriedade, educação, cultura diferenciada e padronizada, alimentação, programas de saúde, lazer, turismo, música, teatro, sinergia firmada em realidades construtivas. Meta “O conceito de maldade deverá ser abolido e exterminado”. Novos contos de fábulas, a história deverá ser formada de erros e acertos, visando como meta principal, a convivência em Harmonia, dos povos e nações de todo o planeta.
Implantação do Projeto: “Especialização e Homogeneização da Cultura Universal”

Nota Única: Envolverá cada PROJETO a sua cadeia produtiva de forma integral, com a formação dos profissionais capacitados intelectualmente a entender, compreender, executar e operar, quaisquer parte do programa, da sua cadeia produtiva específica e respectivo complexo industrial, com interação plena do meio ambiente, habitat da vida.

Estudo de Caso n° 1
Indústria de mineração: Geração de uma Mini Cidade; Mini Estado: Condomínio de 1000 famílias, 4000 pessoas, trabalhadores, esposas, filhos, responsabilidade compartilhada desse condomínio sócio econômico, administração de ciclo fechado, produção comprometida, economia independente, capaz de suprir toda a necessidade dessa mini cidade. Com padrões de ética e moral diferenciada, executada com esse nível de Harmonia, princípio de ações planejadas e organizadas, visando Zero Conflito Social.

Estudo de Caso n° 2
Indústrias de Energias Alternativas: Etanol, biodiesel, biomassa, biotecnologia, etc.
Cada complexo sócio econômico a exemplo do primeiro estudo de caso, engendrará sua mini comunidade, representando caso a caso, condomínios de famílias especialistas, no seu tema científico, sempre interagindo a cultura multidisciplinar na sua magnitude, independente do grau de utilização na sua planta industrial. Estatuto formalizando “O Intercâmbio Técnico Científico”, para prática das habilidades de maneira integral.

Estudo de Caso n° 3
Complexo Medicina e Saúde: A cadeia produtiva interagindo: O mundo vegetal, mineral, animal, ciências, conhecimentos transdisciplinares, habitação, criação do estafe profissional dessa especialidade, premissa do novo mundo interdisciplinar, distribuídos nas comunidades em graus de diferenciação, a saber: Atividades visando soluções comuns e corriqueiras e soluções complexas em grandes centros de especialização, georeferenciados de formas eqüidistantes.

Nota Complementar:
A transformação do Estado acontecerá de forma gradativa, estima-se que para implantar um projeto dessa natureza, com muito otimismo a transição não deverá acontecer em prazo inferior a 100 anos. Antecipar esse período, dependerá exclusivamente da Nação e o grau cultural do seu povo, assimilando a benesse e a harmonia desse Mega Projeto Mundial.

O autor.